CAL (Central Algarve) Jazz Collective é um projeto assinado pela Mákina de Cena / MdC Jazz, com vista a estimular a criação de conteúdos Jazzísticos no Algarve e a agregar músicos de vários pontos da região, numa formação inédita.

Contando com Marco Martins na direção artística e no baixo, Sara Badalo na voz, Leon Baldesberger no trompete, Luís Domingos Miguel no saxofone, Alexandre Dahmen no piano, e Maximiliano Llanos na bateria - músicos com percursos estabelecidos nacional e internacionalmente - o CAL Jazz Collective reflete na sua música a maturidade e cruzamento de linguagens de cada um dos seus membros, valorizando a composição e criação de temas originais, bem como a reinterpretação e arranjo de jazz standards.

Os primeiros passos para um coletivo profissional de Jazz, sediado em Loulé pela mão da Mákina de Cena, com um formato aberto, vocacionado não apenas para a criação, como para a formação, promovendo a rotatividade e inclusão de novos músicos e convidados, adaptando-se e renovando-se a cada desafio.

 
 

CAL ELEMENTS

Em novembro de 2011, a UNESCO designou oficialmente o dia 30 de abril como Dia Internacional do Jazz, a fim de destacar o jazz e o seu papel diplomático na união das pessoas pelo mundo inteiro.

Todos os anos, nesta data, esta forma de arte internacional é reconhecida por promover a paz, o diálogo entre culturas, a diversidade e o respeito pelos direitos humanos e a dignidade humana; por contribuir na erradicação da discriminação e promover a liberdade de expressão, reforçando o papel da juventude na promulgação da mudança social.

CAL ELEMENTS.jpg

INTERNATIONAL JAZZ DAY 2021

No âmbito das comemorações oficiais do Dia Internacional do Jazz*, a 30 de abril de 2021, #JazzDay10, o projeto CAL Jazz Collective apresenta-se, em estreia absoluta, no Cineteatro Louletano, com a participação especial de Zé Eduardo, um dos grandes mestres do Jazz Português, combinando tradição e contemporaneidade ao melhor ritmo jazzístico, num momento inesquecível para os amantes deste género musical.

* Em novembro de 2011, a UNESCO designou oficialmente o dia 30 de abril como Dia Internacional do Jazz, a fim de destacar o jazz e o seu papel diplomático na união das pessoas pelo mundo inteiro.

Todos os anos, nesta data, esta forma de arte internacional é reconhecida por promover a paz, o diálogo entre culturas, a diversidade e o respeito pelos direitos humanos e a dignidade humana; por contribuir na erradicação da discriminação e promover a liberdade de expressão, reforçando o papel da juventude na promulgação da mudança social.

CAL News Abril 21.jpg

Para mais eventos ligados às celebrações do Dia Internacional do Jazz podem também visitar www.jazzday.com