SAMOTRACIAS

Canto de sobrevivência, romance coral, manifesto de uma horda em movimento, SAMOTRACIAS é o grito de três mulheres que encarnam o rosto e a voz de um coro anónimo de migrantes: Pépita, Sambre e Sissi têm tudo, tanto no desespero como nas palavras, a ver com as primeiras personagens beckettianas, perdidas numa estrada inacabada e repleta de obstáculos.
Três mulheres com idades e destinos diferentes agarram-se, com a tenacidade do desespero, ao seu sonho de emigrar. A mais jovem, cheia de ambição, procura enriquecer no estrangeiro. Há também uma mãe viúva que quer fugir a um novo casamento forçado. E a mais velha, que passou a sua vida a servir os outros, procura um fim diferente para os seus dias.
São três mulheres que querem a mesma coisa: partir.
Esmagadas pela crença num outro futuro, vêem o seu propósito desvanecer-se numa viagem cruel. O sonho, reduzido ao instinto de sobrevivência. Surge a dúvida, será que têm mesmo o direito?
O movimento é o motor de um espectáculo que tem por base o acto de migrar, a deslocação entre países que nunca são nomeados, em que três atrizes de diferentes nacionalidades darão vida à récita implacável de Nicole Caligaris, através de partituras físicas e composições visuais fortes, com uso do texto como matéria plástica e não enquanto veículo principal de comunicação.

chi-osserva-la-nike-di-samotracia-ha-limpressione-che-stia-volando-contro-un-forte-vento-c

Este projecto integra a consulta e partilha de histórias de mulheres migrantes, resultante de acções em contexto de proximidade, em parceria com associações e estruturas que desenvolvem trabalho com migrantes, bem como através de uma chamada à partilha de histórias de mulheres migrantes (de todas as nacionalidades), que decorre até fim de Maio de 2022. Saiba mais aqui

Ficha Técnica e Artística

 

SAMOTRACIAS
A PARTIR DO TEXTO LES SAMOTHRACES, DE NICOLE CALIGARIS
DIRECÇÃO ARTÍSTICA CAROLINA SANTOS
CO-CRIAÇÃO E INTERPRETAÇÃO CAROLINA SANTOS, ULIMA ORTIZ E LETÍCIA BLANC
CENOGRAFIA E FIGURINOS EDUARDO JIMÉNEZ CAVIERES
CONSULTORIA ARTÍSTICA RICARDO CORREIA e ALEXANDRA GUARÍN
DESIGN DE SOM MARCO MARTINS
FOTOGRAFIA E VÍDEO JOÃO CATARINO
EXECUÇÃO DE CENÁRIO E FIGURINOS ANA KARINA INÊS
DESENHO DE LUZ E COORDENAÇÃO TÉCNICA VALTER ALVES
TÉCNICO AUDIOVISUAL RAMON SCHNEIDER
COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PATRÍCIA AMARAL
PRODUÇÃO SANDRINE CRISOSTOMO, PEDRO SILVA
UMA COPRODUÇÃO PORTUGAL – COLOMBIA – CHILE
MÁKINA DE CENA – ASSOCIAÇÃO CULTURAL
FONDACIÓN TEATRO LIBRE DE BOGOTÁ

FINANCIAMENTO CÂMARA MUNICIPAL DE LOULÉ
IBERCENA - Fundo de Ajudas para as Artes Cénicas Ibero-Americanas
APOIOS e PARCERIAS FUNDAÇÃO ANTÓNIO ALEIXO, CASULO – Laboratório de Inovação Social de Loulé
FIRST ROUND – International Creative Platform, Auditório Carlos do Carmo – Município de Lagoa,
IPDJ Faro, Loulecópia


Duração: 1 hora (aprox)
Classificação Etária: m/12